Ventre de Gaia

O banho a vapor existia entre os maias e os astecas há muito tempo. Conhecida como Temezcalli entre os antigos povos do México (“teme” significa, na antiga língua asteca, “banhar-se”, e “calli”, “casa”). Os índios a utilizavam para limpar-se e purificar-se.
A “sweat lodge” navajo assemelha-se a um montículo com uma entrada feita de madeira de cedro. Os índios das Planícies realizavam a cerimônia em quatro tempos e a acompanhavam com cantos sagrados e preces.
Uma prática cotidiana entre os cheyennes e os kiowas. Por toda a América, a “sweat lodge” era construída da mesma maneira: ramos suficientemente longos dobrados e reunidos para formar um domo de aproximadamente um metro e meio de altura, outrora coberto com peles de bisão e hoje com outros materiais.

Em sua origem, de seis a dez pessoas sentavam-se em volta de uma pequena fornalha central, onde eram colocadas pedras em brasa. Ali joga-se água fria, a fim de obter um vapor ardente. De acordo com a tribo, pratica-se essa cerimônia por ocasião das festas de puberdade, antes de uma dança do Sol ou durante outros eventos sagrados, antes de partir para a caça ou para a guerra.
Inikagapi, “tomar uma sweat”, é um rito de purificação, que também pode ser realizado para sentir-se bem e limpo ou para livrar-se da fadiga. Mas, em geral, sua finalidade é sagrada. É também o prelúdio de um ritual ainda mais solene: a busca de visão.
Há mais de cinqüenta anos o xamã Nicholas o Alce Negro dizia que a sweat lodge reúne todos os poderes do universo: a terra, a água, o fogo e o ar. A água representa os Seres Trovão, os quais beneficiam a tribo. O vapor, saído das pedras que conservam o fogo, purifica-nos e permite-nos viver em harmonia com a vontade de Wakan Tanka.Após a entrada das pedras sagradas aguarda-se em seguida que os bons espíritos se manifestem, que Wakan Tanka venha pacificar e instruir o coração dos participantes. Cada qual faz sua prece e agradece ao Criador, enquanto se despeja água fria sobre as pedras vermelhas. Pouco a pouco, um vapor branco enche a cabana, como uma onda de ar quente surgida do solo.
Estimulado pelos cantos, as preces e o som dos chocalhos, o líder cerimonial concita a presença dos espíritos e a do Grande Pai do Céu.
O ritual desdobra-se em quatro voltas ou quatro portas, ou seja, a entrada da Tenda será aberta quatro vezes durante a cerimônia. A cada uma delas, o curandeiro ou a curandeira pergunta se alguém deseja sair.
Uma cerimônia dessa importância purifica o corpo e o espírito, em geral, um grande sentimento de fraternidade e de harmonia comunga os participantes.
A Tenda do Suor gera inúmeros benefícios para a nossa saúde, purifica nossos corpos e elimina toxinas, também conhecida como a medicina do amor, da família e da oração. Representa o nosso renascimento no ventre da Grande Mãe Terra.

CONTATE-NOS

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

©2019 Xamanizando -  Powered by Agência Rumi

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account